FANDOM


Em construção.jpg Página em construção!


Essa página ainda está em construção. Ajude-a contribuindo da forma necessária.

Paolo Guerrero
Guerrero.png
Informações Pessoais
Nascimento 1 de janeiro de 1984 (33 anos)
Cidade Natal    Lima, Bandeira do Peru.png
Altura 1,85m
Posição Atacante
Nacionalidade Peruana Bandeira do Peru.png
Informações do Clube
Clube Atual Flamengo Bandeira do Brasil.png
Número 9
Clubes de Juventude
1992–2002
2002–2003
Alianza Lima Bandeira do Peru.png
Bayern de Munique Bandeira da Alemanha.png
Clubes Profissionais
Anos Clubes Jogos(Gols)
2002–2006
2004–2006
2006–2012
2012–2015
2015–
Bayern de Munique II Bandeira da Alemanha.png
Bayern de Munique Bandeira da Alemanha.png
Hamburgo Bandeira da Alemanha.png
Corinthians Bandeira do Brasil.png
Flamengo Bandeira do Brasil.png
70(49)
44(13)
183(51)
130(54)
65(24)   
Seleção Nacional
2001– Peru Bandeira do Peru.png 76(28)

José Paolo Guerrero Gonzales é um futebolista peruano que atua como atacante. Atualmente, joga pelo Flamengo. O jogador é um ídolo e ícone do futebol peruano, suas principais características são posicionamento na área, cabeceio, controle de bola, precisão nas finalizações e reações rápidas.

Carreira

Início

Guerrero começou a jogar futebol nas categorias de base do clube peruano Alianza Lima, onde marcou mais de 200 gols pela equipe infanto-juvenil (15 a 16 anos). Em 2002, Guerrero assinou um contrato com o gigante bávaro, Bayern de Munique. Durante 2003-04, Guerrero jogou na Regionalliga Süd. Ele jogou 23 jogos e marcou 21 gols. Durante a temporada 2004-05, ele se juntou ao compatriota Claudio Pizarro na equipe principal do Bayern. Em junho de 2006, foi anunciado que Guerrero havia se transferido para o Hamburger SV e assinado um contrato com o clube até 2010. Pelo Hamburgo ele marcou o gol da vitória contra o seu ex-clube, o Bayern de Munique, mas não comemorou por causa de seu passado com o clube e o carinho que ele ainda sentia pelo Bayern. O resultado tirou a chance do Bayern de jogar a Liga dos Campeões na temporada 2007-08.

Hamburgo

Paolo Guerrero em Ação pelo Hamburgo.png
Guerrero chegou ao Hamburgo em 2006, vindo do Bayern de Munique. Sua primeira temporada foi marcada por uma lesão que o tirou de metade da temporada, isso e sua baixa produtividade, o fizeram atuar como substituto. Perto do final dessa temporada, ele marcou três gols, fazendo em sua temporada de estreia um total de cinco gols em 20 jogos. Na temporada 2007-08, sua segunda em Hamburgo, Guerrero jogou 29 dos 34 jogos na Bundesliga , marcando nove gols e realizando quatro assistências, bem como tornar-se um acionador de partida incontestável e uma parte vital do Hamburgo. Ele ficou em terceiro lugar na tabela de artilheiros, atrás apenas de Rafael van der Vaart (12 gols) e Ivica Olić (14 gols). Na Taça UEFA e Qualificação jogou nove jogos, marcando cinco gols e realizando três assistências. Seu primeiro hat-trick em sua carreira profissional foi contra o Karlsruher SC, no último jogo da Bundesliga, marcando os segundo, terceiro, e quarto gols em uma vitória por 7-0. Esta vitória garantiu-lhes o quarto lugar e uma Taça UEFA local para a próxima temporada. Até o início da temporada 2008-09, Guerrero tornou-se atacante primeira escolha para o Hamburger SV. O treinador Martin Jol chegou ao ponto de dizer que era bom Guerrero não pegar nenhum resfriado, durante a temporada.

Corinthians

Em 11 de julho de 2012, Guerrero foi procurado pelo Corinthians, cotado para substituir Liédson. Em 13 de julho de 2012 o atacante acerta por três anos com o clube paulista para a disputa do Brasileirão 2012 e Copa do Mundo de Clubes 2012, em um valor estimado de R$ 7,5 milhões Foi apresentado no dia 16 de julho de 2012, e recebeu a camisa 9.

Guerrero Pelo Corinthians.png
Em 25 de julho de 2012, fez sua estreia em uma partida contra a equipe do Cruzeiro pelo Brasileirão 2012, onde entrou no lugar de Emerson Sheik no segundo tempo, o Corinthians venceu por 2 a 0. Sua contratação e sua estreia pelo Timão virou manchete em seu país, atraindo a atenção da mídia peruana em São Paulo, pelo fato do jogador ser um ídolo notável no pais. Em 30 de julho de 2012 fez seu segundo jogo foi contra o Bahia, o técnico Tite tirou Romarinho e o colocou em campo, aos 15 minutos, o resultado foi de 0 a 0. Desde que chegou ao Corinthians, Guerrero não vinha tendo uma sequencia boa com a equipe alvinegra. Na 26ª rodada atuou pelo time alvinegro contra o Botafogo e marcou seu primeiro gol pelo time. Porém Guerrero cresceu nas últimas rodadas do campeonato brasileiro marcando vários gols o que garantiu sua vaga na equipe principal.

Em 27 de novembro de 2012, dias antes do embarque corintiano ao Japão, para a disputa da Campeonato Mundial, o atleta foi homenageado pelo consulado peruano no Brasil em "reconhecimento por seus méritos atléticos e por seu profissionalismo ao mostrar todos os altos valores do esporte do Peru no Brasil, sendo considerado titular em grande maioria de jogos disputados".

Em 12 de dezembro de 2012, na semifinal da Copa do Mundo de Clubes contra o Al-Ahly do Egito, Guerrero marcou, de cabeça, o único gol da partida que levou o Corinthians a final.

Em 16 de dezembro de 2012, na final da Copa do Mundo de Clubes contra o Chelsea, Guerrero marcou, de cabeça, o único gol da partida que levou o Corinthians a ser vencedor. Neste mesmo torneio recebeu o prêmio Bola de Bronze pelas suas belas atuações nos dois jogos. Guerrero torna-se agora mais um ídolo da história corintiana. Guerrero hoje,é um dos estrangeiros mais importantes da história do time paulista.

Foi eleito melhor atacante do Campeonato Brasileiro de 2014 ao lado de Diego Tardelli, conquistando a Bola de Prata da revista Placar e da ESPN.

Em 17 de março de 2015, Guerrero tornou-se o futebolista estrangeiro que mais marcou gols pelo Corinthians, sendo 47 gols, superando o argentino Carlitos Tévez, que marcou 46 gols. A marca foi obtida na partida contra o clube uruguaio Danubio pela terceira rodada da segunda fase da Copa Libertadores da América de 2015. Também marcou seu primeiro hat-trick pelo Corinthians no jogo contra o Danubio. Guerrero se tornou o maior goleador da era pós rebaixamento, quebrando o recorde que antes pertencia ao Dentinho.

Em 27 de maio de 2015, o Corinthians liberou o atleta, para que acertasse com outro clube.

Flamengo

Chegou ao Flamengo para resolver os problemas de ataque da equipe, veio junto ao seu companheiro de Corinthians Emerson Sheik, logo na estréia, marcou somente com 10 minutos de jogo contra o Internacional, e ainda deu a assistência para o gol de Éverton. No jogo seguinte, fez sua estréia no Maracanã, fazendo gol contra o Grêmio, logo antes dessa partida, dias antes, foi criado um funk para Guerrero por MC G3, que entoou a torcida do Flamengo e também Guerrero com a letra ''Acabou o caô, o Guerrero chegou''. E no terceiro jogo consecutivo marcou contra o Náutico válido pela Copa do Brasil, após isso, ele ainda deu uma assistência para o gol de Marcelo Cirino contra o Goiás.

Porém logo ele começou a ser cobrado por um longo jejum de 4 meses sem marcar gols, entre lesões e convocações, voltou no jogo contra o São Paulo, e após perder dois gols cara-a-cara com Renan Ribeiro, ele marcou, desencantou, e chorou.

Em 2016, Guerrero estreou pela Copa da Primeira Liga, fazendo dois gols contra o Atlético-MG, voltando a ser um dos destaques do clube, agora com a chegada de novos reforços, e no comando de Muricy Ramalho, que logo deixaria o clube para a entrada de Zé Ricardo que seria efetivado da base, marcou no clássico contra o Fluminense vencido por 2-1 pela Rodada 5 da primeira fase do Campeonato Carioca de 2016, e o voltou a vitimar no Fla-Flu no Campeonato Brasileiro, embora o rubro-negro havia perdido o jogo por 1-2, e no clássico seguinte na rodada 15, ele marcou no espetáculo de Flamengo 3 x 3 Botafogo, bicando em baixo das pernas do goleiro Gatito Fernández.

Com Diego como seu companheiro, ele aumentou ainda mais a média de seus gols. Ele fez uma pintura contra o Cruzeiro na Rodada 27 do Campenato Brasileiro, ele chuta forte, a bola desvia em Bruno Rodrigo e encobre Rafael, Guerrero que era perseguido pelos torcedores de seu ex-clube Corinthians, marcou 2 gols no empate por 2-2 pela Rodada 32, e logo na rodada seguinte fez um gol nos acréscimos empatando a partida contra o Atlético-MG.

Marcou seu último gol em 2016 contra o Santos pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, alcançando a marca de gols por um clube em toda sua carreira, foi também o artilheiro do Flamengo em 2016, incríveis 18 gols marcados pela equipe.

Em 2017, Guerrero chega embalado ainda como artilheiro da equipe no ano, com o melhor início de temporada por um clube em sua carreira, fez o primeiro gol contra o Boavista, com assistência de seu companheiro de seleção peruana Miguel Trauco, ele logo depois fez outro gol de cabeça com assistência de Rodinei, depois fez mais dois gols contra o Nova Iguaçu, um de cabeça e o outro de pênalti, fez também gol contra o Botafogo no clássico pela Taça Guanabara, e marcou na goleada de 4-0 contra o Madureira.

Em uma entrevista antes do clássico dos milhões, Guerrero alfinetou o Vasco da Gama dizendo que o Flamengo é sempre favorito contra o Vasco, o que foi rebatido pelo Twitter oficial do Vasco da Gama listando o histórico de Guerrero contra o Vasco, o que gerou bastante polêmica, no jogo, o Flamengo venceu o Vasco por 1-0 eliminando o rival e se classificando para a final da Taça Guanabara contra o Fluminense

Até o momento, Guerrero é o artilheiro do Flamengo em 2017 com 6 gols em 7 partidas oficiais.

Seleção do Peru

Guerrero - Seleção do Peru.png
A carreira Paolo Guerrero com a Seleção do Peru começou nos Jogos Bolivarianos de 2001 quando conquistou a medalha de ouro. Nas eliminatórias para a copa da Alemanha 2006, ele conseguiu marcar duas vezes para o lado nacional. Seu primeiro gol foi o da vitória contra o Chile no Estádio Nacional de Lima. O segundo foi um gol no primeiro minuto do jogo seguinte, contra o Equador no mesmo local - embora os equatorianos tenham lutado para garantir o empate por 2-2 fora de casa. No entanto, Guerrero foi excluído dos primeiros dois jogos do Peru nas eliminatórias da copa de 2010 FIFA World Cup, devido a lesão. Um novo golpe para o Peru foi estabelecido pela FIFA , quando Guerrero foi suspenso por 6 jogos por insultar o árbitro durante o jogo Uruguai vs Peru em junho de 2008. A suspensão começou com o jogo Peru x Venezuela, em setembro.

Após campanha desastrosa do Peru nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010, José del Solar foi substituído pelo uruguaio gerente Sergio Markarian e Guerrero foi convocado para a Copa América de 2011. Na linha de ataque com Pizarro, Guerrero jogou como atacante da equipe na competição e marcou cinco vezes: sendo um a cada partida nos jogos contra Uruguai e México, seguido por um hat-trick contra a Venezuela no jogo de disputa de terceiro lugar, que o Peru venceu por 4-1. Ele se tornou artilheiro do torneio. Foi convocado para a disputa da Copa América de 2015.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória