FANDOM


Em construção Página em construção!


Essa página ainda está em construção. Ajude-a contribuindo da forma necessária.

Futbol Club Barcelona
Escudo-do-barcelona
El Barça
Alcunhas: Barça
Blaugrana
Més que un club
História
Fundação: 29 de novembro de 1899 (117 anos)
Estádio: Camp Nou
Hierarquia
Presidente: Bandeira da Espanha Josep Maria Bartomeu
Treinador: Bandeira da Espanha Luis Enrique
Outros
Patrocinadores: Bandeira do Catar Qatar Airways
Bandeira da Turquia Beko
Bandeira dos Estados Unidos Gillette
Bandeira do Brasil Tenys Pé
Material Esportivo: Bandeira dos Estados Unidos Nike
Mascote: Avi del Barça
Competições: Campeonato Espanhol
Copa do Rei
Liga dos Campeões da UEFA
Website: fcbarcelona.cat
Torcida
Títulos
Nacionais: Campeonato Espanhol
(1928-29, 1944-45, 1947-48, 1948-49, 1951-52, 1952-53, 1958-59, 1959-60, 1973-74, 1984-85, 1990-91, 1991-92, 1992-93, 1993-94, 1997-98, 1998-99, 2004-05, 2005-06, 2008-09, 2009-10, 2010-11, 2012-13, 2014-15, 2015-16)
Copa do Rei
(1909-10, 1911-12, 1912-13, 1919-20, 1921-22, 1924-25, 1925-26, 1927-28, 1941-42, 1950-51, 1951-52, 1952-53, 1956-57, 1958-59, 1962-63, 1967-68, 1970-71, 1977-78, 1980-81, 1982-83, 1987-88, 1989-90, 1996-97, 1997-98, 2008-09, 2011-12, 2014-15)
Supercopa da Espanha
(1983, 1991, 1992, 1994, 1996, 2005, 2006, 2009, 2010, 2011, 2013)
Copa da Liga Espanhola
(1982-83, 1985-86)
Copa Eva Duarte
(1944-45, 1947-48, 1951-52, 1952-53)
Continentais: Liga dos Campeões da UEFA
(1991-92, 2005-06, 2008-09 2010-11, 2014-15)
Taça das Cidades com Feiras
(1957-58, 1959-60, 1965-66)
Recopa Europeia
(1978-79, 1981-82, 1988-89, 1996-97)
Supercopa da UEFA
(1992, 1997, 2009, 2011, 2015)
Mundiais: Copa do Mundo de Clubes da FIFA
(2009, 2011)

O Futbol Club Barcelona é um clube espanhol da cidade de Barcelona, Catalunha. Também conhecido como Barcelona, Barça ou ainda pela sigla FCB.

Sobre o Barcelona

Os torcedores do clube são conhecidos como culés (ou culers, em catalão). Em 2010, uma pesquisa realizada pela empresa alemã Sport+Markt concluiu que a torcida do Barcelona é a maior da Europa, contando com

cerca de 57,8 milhões de pessoas.

Foi o primeiro clube espanhol a ganhar na mesma temporada o triplete, composto da Liga dos Campeões, da Copa do Rei da Espanha e da La Liga. O Barcelona é uma das marcas mais conhecidas do planeta.

O time é fortemente identificado com a região catalã, da qual se proclamou como símbolo, suas partidas são consideradas até como evento turístico para os forasteiros e rotineiramente locais de demonstração do nacionalismo - e separatismo - catalão.

O depoimento de um de seus mais famosos torcedores, o tenor Josep Carreras, convidado para cantar na festa de centenário do time, em 1999, exprime bem tal ideia: "Ser torcedor do Barça vai além do puramente esportivo. É o sentimento de

raízes, de valores e de uma identidade de país: a Catalunha".

Outras expressões icônicas locais são a faixa de capitão do time, que normalmente reproduz a bandeira da Catalunha, e o lema més que un club, adotado em 1968. Apesar disso, é o clube que mais cedeu jogadores à Seleção Espanhola de Futebol.

A cidade de Barcelona é um caso raro de metrópole com dois clubes de futebol não-equiparados: enquanto o Barça, como é também conhecido, soma 22 títulos na Liga Espanhola, 26 Taças do Rei (atual recordista), 4 Ligas dos Campeões e 2 títulos na Copa do Mundo de Clubes da FIFA , a outra equipe da cidade, o Espanyol, tem como títulos de expressão apenas 4 Taças do Rei.

O Barcelona, o seu arquirrival Real Madrid e o Atletico Madrid são os únicos times espanhóis que jamais foram rebaixados à Segunda Divisão Espanhola.

Tal desigualdade é um dos fatores que fazem os blaugranes sentirem maior rivalidade com um time de outra cidade, o Real Madrid, com quem divide a hegemonia no futebol espanhol. O sentimento é recíproco, com os blancos detestando mais ao Barcelona do que ao rival citadino, o Atlético de Madrid. A rivalidade entre Barça e Real é considerada uma das maiores do mundo.

História

Em 22 de outubro de 1899, um ex-futebolista suíço, Hans Gamper, colocou um anúncio no jornal Los Deportes declarando seu desejo de formar um clube de futebol em Barcelona. Uma resposta positiva resultou em uma reunião no Gimnasio Solé, em 29 de novembro. Onze jogadores participaram: Walter Wild, Lluís d'Osso, Bartomeu Terradas, Otto Kunzle, Otto Maier, Enric Ducal, Pere Cabot, Carles Puyol, Josep Llobet, John Parsons e William Parsons.

Como resultado, o Foot-Ball Club Barcelona nasceu de forma cosmopolita, que paradoxalmente lhe caracterizaria juntamente com o espírito catalão, que o clube só exaltaria mais tarde.3 O nome em inglês, língua da terra de criação do futebol, a Inglaterra, era comum na época. As cores também seriam influência externa: diz a lenda que Gamper teria inspirado-se nas do Basel, equipe da qual fora capitão, para escolher as do novo clube.3 Seriam, portanto, vermelho e azul. O vermelho acabaria substituído pelo grená, por ser esta a cor que o desenhista do escudo possuía a disposição.

O anúncio em que Hans "Joan" Gamper (grafado "Kans Kamper") expressava seu desejo em montar um time de futebol. Em 1902, o clube ganhou seu primeiro troféu, a Taça Macaya, e também disputou sua primeira final de Taça do Rei, perdendo de 2 a 1 para o Bizcaya.

Barcelona em 1903

Em 1908, Gamper se tornou presidente do clube pela primeira vez. Acabaria ficando mais conhecido pela versão catalã de seu nome: Joan Gamper. Ele assumiu a presidência com a equipe à beira da falência, não tendo ganhado nada desde o Campeonato da Catalunha de 1905. Gamper venceu eleições para presidente do clube em mais cinco ocasiões, entre 1908 e 1925, e passou 25 anos na presidência. Uma de suas principais conquistas foi a ajuda para adquirir o seu próprio estádio.

Em 14 de março de 1909, após dez anos da fundação, a equipe se mudou para o Carrer Indústria, um estádio com uma capacidade de 8000 lugares. Gamper utilizou-se desta manobra para conseguir mais adeptos para o clube, que logo tornaram-se mais numerosos do que o primeiro rival, o hoje extinto Català. A arquitetura do estádio renderia um dos apelidos do time, culer (ou culé, na transposição sonora para o espanhol), que derivaria da expressão cul, palavrão catalão para designar o ânus: a razão disso era o fato de que quem passava pelo estádio em dia de jogo só conseguia ver as nádegas dos torcedores sentados em muros das arquibancadas. No ano seguinte, faturou sua primeira Taça do Rei.

Gamper também recrutou Jack Greenwell como gestor. Este viu o clube começar a melhorar em campo: na década de 1910, destacou-se pelo fortalecimento da rivalidade com o então Real Español, equipe criada com o mote que mais tarde seria abraçado pelo Barça: a identificação com jogadores e a região local, fazendo contraponto ao estrangeirismo dos blaugranes; e pelos gols de Paulino Alcántara, jogador vindo da colônia espanhola das Filipinas e segundo maior artilheiro da história do clube, tendo anotado a assombrosa marca de 369 gols em 357 jogos.

Barcelona e Español dividiam as conquistas do Campeonato Catalão, derivado da Taça Macaya, com os culés ganhando cinco no período, em 1913, 1916, 1919, 1920 e 1921, contra três do rival (1912, 1915 e 1918). Paralelamente, o Barça ganhou também outras três Taças do Rei, em 1912, 1913 e 1920. As conquistas faziam o clube conseguir cada vez mais torcedores; o progressivo aumento fez com que o Barcelona arranjasse outro estádio, mudando-se para Les Corts, que foi inaugurado em 1922. Este estádio tinha uma capacidade inicial de 22.000, mais tarde ampliado para 30.000.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória