FANDOM


Daniele De Rossi
Daniele De Rossi 1.jpg
Informações Pessoais
Nascimento 24 de julho de 1983
Cidade Natal    Roma, Bandeira da Itália.png
Altura 1,84m
Posição Volante
Nacionalidade Italiana
Informações do Clube
Clube Atual Roma Bandeira da Itália.png
Número 16
Clubes de Juventude
1997-2000
2000–2001
Ostia Mare Bandeira da Itália.png
Roma Bandeira da Itália.png
Clubes Profissionais
Anos Clubes Jogos(Gols)
2001- Roma Bandeira da Itália.png 338(34)   
Seleção Nacional
2004– Itália Bandeira da Itália.png 97(15)

Daniele De Rossi é um futebolista italiana que atualmente joga como volante pela Roma.

Carreira

Roma

Em 2001, De Rossi foi efetivado no time titular da Roma. Em apenas 4 jogos, o atleta já tinha em seu currículo 2 gols marcados, algo surpreendente para um jogador da idade no cenário italiano. Na temporada 2003-2004, De Rossi, com somente 19 anos, já era figura conhecido pelos torcedores. Sob o comando de Fabio Capello, passou a jogar mais recuado até ganhar confiança suficiente para assumir de vez o meio-campo.

Com a chegada de Luciano Spalletti, no verão de 2005, De Rossi escolheu a camisa 16 a qual usa até hoje e se efetivou como titular absoluto, responsável direto pela marcação no 4-1-4-1 do técnico toscano (que posteriormente viraria um 4-2-3-1 com o recuo de um entre Pizarro e Aquilani). Liderança efetiva dentro do elenco, usou a faixa de capitão pela primeira vez contra o Middlesbrough, em março de 2006, pela Liga Europa. Para coroar a temporada, De Rossi guiou o time na sequência de 11 vitórias seguidas no Campeonato Italiano, recorde que a Inter de Milão bateria dois anos depois. De todas essas partidas, o capitão Totti, esteve fora em seis. Não à toa, De Rossi, foi escolhido o melhor jogador jovem da competição.

Nos últimos anos, De Rossi ganhou uma aura tão impenetrável na Cidade Eterna que a torcida praticamente relevou o pênalti desperdiçado por ele nas quartas-de-final da Liga dos Campeões da Europa, contra o Manchester United. Naquele Abril de 2008, os red devils venceriam por 1 a 0, placar exato para eliminar a Roma pela segunda vez seguida, no "pior episódio da minha carreira", segundo o próprio jogador. Ao fim da temporada, o consolo foi a conquista da Copa da Itália (a sua segunda), que somou-se a uma Supercopa Italiana conquistada em 2007 diante da Inter por placar mínimo com gol seu de penalidade máxima.

Para muitos a melhor temporada de De Rossi foi a temporada 2009-2010. Nela, o volante marcou 11 gols em 49 partidas, números generosos para um meio-campista, além de ter dado várias assistências. O reconhecimento pelo bom papel dentro de campo veio com o prêmio de melhor jogador italiano de 2009 pela Associação Italiana de Jogadores.

Ainda bem que não fui para o Manchester United, a esta hora já me tinha matado.

— De Rossi sobre possível ida para o Manchester United ao Corriere dello Sport

Seleção Italiana

Daniele de Rossi 2.jpg

De Rossi é expulso por agredir Brian McBride na Copa do Mundo de 2006

O dia 04 de Setembro de 2004 marcou a estréia de De Rossi na principal de seu país. Convocado por Marcello Lippi, aos 21 anos, e com direito a gol no triunfo sobre a Noruega por 1 a 1 em Palermo pelas Eliminatórias para a Copa de do Mundo 2006, o volante deixou ótima impressão. No ano seguinte já ostentou pela primeira vez a faixa de capitão durante um amistoso contra a Islândia. Em Maio de 2006, De Rossi pode ver com orgulho seu nome na lista de 23 convocados para a Copa do Mundo que seria disputada na Alemanha. O atleta iniciou a competição como titular, todavia, na última partida da azzurra pela fase de grupos, contra os Estados Unidos, acertou uma cotovelada em Brian McBride e foi suspenso por uma série de jogos, podendo só atuar na final caso a seleção chegasse até lá. Felizmente para Daniele de Rossi, a seleção italiana chegou até a final, e na disputa por pênaltis contra a França ele pode converter um dos 5 que dariam o título à Itália.

Na Eurocopa de 2008, De Rossi foi adiantado pelo técnico Roberto Donadoni e passou a jogar como camisa 10 da seleção. No entanto, a Itália não teve a mesma sorte que a de dois anos atrás e foi eliminada pela Espanha nos pênalti, com o jogador da Roma desperdiçando uma das cobranças. A Copa das Confederações 2009 foi vexatória para a Itália. Novamente usando a 10, De Rossi assinalou na vitória por 3 a 1 sobre os Estados Unidos, a única na campanha, sucumbida logo na primeira fase. Um ano depois, no Mundial da África do Sul, foi ainda mais desastroso: nova eliminação na primeira fase e desta vez sem nenhuma vitória. Vestindo a 6, De Rossi teve atuações modestas, mas chegou a marcar um gol no empate contra o Paraguai por 1 a 1.

Copa do Mundo de 2014

Em sua primeira partida na Copa do Mundo no Brasil, diante dos Ingleses, cumpriu bem a função de proteger a zaga e viu sua seleção vencer por 2 a 1. Porém, sua segunda partida, assim como todo o grupo, não foi boa. De Rossi viu seus companheiros "fritarem" no calor pernambucano de 13 horas. Por conta de uma lesão, o volante não pôde entrar em campo parar ajudar o grupo, que foi derrotado pelo Uruguai, e consecutivamente saiu da Copa do Mundo. Após a eliminação, De Rossi criticou indiretamente Mario Balotelli.

Precisamos de homens de verdade, e não de figurinhas da Panini.

— De Rossi sobre Mario Balotelli

Títulos

Roma

Títulos Individuais

  • Oscar do futebol AIC (Associação Italiana de Jogadores): 2
  • Melhor jogador jovem: 2006
  • Melhor jogador italiano: 2009
  • All-Star Team da Euro: 1

Curiosidades

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória