FANDOM


Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo.png
Informações Pessoais
Nascimento 5 de Fevereiro de 1985 (32 anos)
Cidade Natal    Funchal, Bandeira do Portugal.png
Altura 1,85m
Posição Atacante
Nacionalidade Portuguesa
Informações do Clube
Clube Atual Real Madrid Bandeira da Espanha.png
Número 7
Clubes de Juventude
1993–1995
1995–1997
1997–2001
Andorinha Bandeira do Portugal.png
Nacional da Madeira Bandeira do Portugal.png
Sporting Bandeira do Portugal.png
Clubes Profissionais
Anos Clubes Jogos(Gols)
2001–2003
2003–2009
2009–
Sporting Bandeira do Portugal.png
Manchester United Bandeira da Inglaterra.png
Real Madrid Bandeira da Espanha.png
31(5)
292(118)
373(384)   
Seleção Nacional
2003- Portugal Bandeira do Portugal.png 136(68)

Cristiano Ronaldo Aveiro, conhecido como Cristiano Ronaldo, é um jogador de futebol português, nascido no dia 5 de Fevereiro de 1985, em Santo Antônio, Funchal. Atualmente joga como atacante no Real Madrid.

Carreira

Início da Carreira

Cristiano Ronaldo começou sua carreira aos oito anos nas categorias de base do Clube Futebol Andorinha de Santo António. Em 1995, Ronaldo assinou com o Clube Desportivo Nacional, um clube local, e após dois anos, foi jogar nas categorias de base do Sporting Clube de Portugal devido a uma dívida de 450 mil escudos do Clube Desportivo Nacional.

Sporting

CristianoSporting.jpg

Ronaldo Atuando pelo Sporting Clube de Portugal

Cristiano Ronaldo teve uma ótima participação nas categorias de base sub-16, sub-17, sub-18 e B do Sporting. Logo na sua estréia com a equipe principal, contra o Moreirense, marcou dois gols. Ronaldo foi procurado primeiro pelo Arsenal, mas o técnico Arsène Wenger, não chegou a um acordo com a direção do Sporting. No entanto, o atleta chamou a atenção de Sir Alex Ferguson, treinador do Manchester United, no verão de 2003, quando o Sporting derrotou o Manchester United por 3 a 1 na inauguração do estádio Alvalade XXI, em Lisboa.

Manchester United

Ainda em 2003, o Manchester United contratou Cristiano Ronaldo por um valor de 15 milhões de euros. Modestamente, o português, ao chegar no Manchester, pediu a camisa de número 28, mesmo número que usava no Sporting. Na visão de Ronaldo, a camisa de número 7 podia pessar em suas costas uma vez que já foi usada por grandes craques como George Best, Bryan Robson, Éric Cantona e David Beckham.

Apesar de ser muito jovem, Cristiano Ronaldo colecionou títulos com a camisa do Manchester United. Na temporada 2006-2007, já com a camisa de número 7, Cristiano Ronaldo quebrou barreiras e ajudou sua equipe a conquistar o título do Campeonato Inglês. No dia 5 de Maio de 2007, o atacante marcou seu gol de número 50 contra o rival Manchester City.

No dia 5 de Junho de 2008, a Sky Sports informou que Ronaldo havia manifestado interesse em transferir-se para o Real Madrid. O Manchester United apresentou uma queixa de aliciamento do Real Madrid à FIFA a 9 de Junho, mas a FIFA recusou tomar qualquer decisão sobre o caso após o Real Madrid negar publicamente.

2007-2008

Cristiano Ronaldo e Alex Ferguson.jpg

Cristiano Ronaldo ao lado de Alex Ferguson

A temporada 2007-2008 parecia não começar muito bem para Cristiano Ronaldo. Logo em sua primeira partida, foi expulso por ter dado uma cabeçada em Richard Hughes do Portsmouth. Com a acontecimento, o português assumiu que aprendeu que não se deve deixar levar pelas provocações que ocorrem dentro de campo. Ainda nessa temporada, Cristiano Ronaldo marcou seu primeiro hat-trick com a camisa do Manchester United, em uma partida contra o Newcastle, a qual o Manchester incrivelmente venceu por 6 a 0. No dia 19 de Março desse mesmo ano, Ronaldo foi pelo primeira vez, capitão de sua equipe em uma vitória em casa sobre o Bolton, marcando os dois gols na vitória por 2 a 0.

Na final da Liga dos Campeões da Europa, contra o Chelsea, Cristiano Ronaldo marcou para os "diabos vermelhos" no minuto 26 do primeiro tempo. Todavia, aos 45 da mesma etapa, o Chelsea empatou. Por fim, a partida foi para a prorrogação e da prorrogação para os pênaltis. Uma falha do atacante colocou os "blues" a um passo da conquista inédita. No entanto, felizmente para Ronaldo, John Terry bateu a última penalidade deslizando no gramado e consecutivamente errou, cedendo assim o título para o Manchester United. Ao término da temporada, Cristiano conseguiu o incrível feito de 42 gols, contanto com todas as competições que participou.

2008-2009

CristianoManchester.jpg

Ronaldo em jogo contra o Tottenham

Cristiano Ronaldo passou por uma cirurgia no tornozelo no Centro Médico Acadêmico de Amsterdã, no dia 7 de Julho de 2008. Voltou à ação no dia 17 de Setembro numa partida válida pela fase de grupos da Liga dos Campeões contra o Villarreal e não marcou gols. No dia 29 de Janeiro de 2009 se machucou em um acidente de carro em um túnel perto da cidade de Manchester. Um teste de bafômetro revelou aos policiais que o atleta não estava bêbado. Visto isso, ele foi liberado para o treinamento que acontecera um pouco mais tarde.

Seu primeiro gol na Liga dos Campeões da Europa daquela temporada foi em uma partida contra a Internazionale. Uma vitória por 2 a 0 avançou os "diabos vermelhos" para as quartas de final. Diante do Porto, Cristiano Ronaldo marcou um belo gol, o que lhe cedeu ao final do ano o prêmio Puskas. Na final da competição, contra o Barcelona, o atleta português não teve a mesma sorte, ao ser derrotado em uma atuação pessoal apagada. No dia 11 de Junho de 2009, o Manchester United aceitou uma oferta incondicional de 80 milhões de Euros do Real Madrid por Ronaldo.

Real Madrid

2009-2010

Como a mais cara contratação da história do futebol mundial até então, Cristiano Ronaldo pretendia fazer
0,,21286305-EX,00.jpg

Ronaldo na apresentação ao Real Mdrid

ótimas atuações com a camisa do Real e conquistar títulos. Ao lado do atacante português chegaram no clube de Madrid também o meio campo brasileiro Kaká, o volante espanhol Xabi Alonso e o jovem atacante francês Karim Benzema. Com tantos craques em um mesmo time, especialistas questionam o relacionamento entre os jogadores e uma possível "guerra de egos". No dia 28 de Julho de 2009, Cristiano Ronaldo marcou seu primeiro gol com a camisa "merengue". No dia 15 de Setembro, o craque português fez seus primeiros gols na Liga dos Campeões da Europa defendendo o Real, numa vitória sobre o Zurique por 5 a 2. No dia 6 de Dezembro ainda do mesmo ano, Cristiano Ronaldo, após voltar de lesão, se tornou personagem de uma vitória dos "galáticos" sobre o Almeria por 4 a 2, uma vez que vez um gol, perdeu um pênalti e foi expulso. Eliminado pelo Lyon nas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa, Ronaldo encerrou a temporada com 0,95 gols por jogo.

2010-2011

No dia 15 de Maio de 2011, Ronaldo tornou-se no maior marcador numa temporada na história do Real Madrid com 53 gols, superando o recorde anterior de 49 gols de Ferenc Puskás. Ronaldo superou o recorde de maior número de gols marcados numa temporada na Liga, com 40 gols, superando a marca de Telmo Zarra (38 gols), de 1951, e a marca de Hugo Sánchez (38 golo), de 1990, com o jornal desportivo Marca a entregar-lhe oficialmente o troféu Pichichi (maior goleador da Liga), alegando que marcou 41 gols (o jornal desportivo Marca atribuiu-lhe um gol que a Liga atribuiu a Pepe num jogo contra a Real Sociedad).

2011-2012

Ronaldo ficou em terceiro lugar na eleição de melhor futebolista a jogar na Europa na temporada de 2010-11, atrás de Lionel Messi e de Xavi Hernández, e em segundo lugar na atribuição da Bola de Ouro da FIFA de 2011, atrás de Lionel Messi e à frente de Xavi Hernández.

No dia 31 de Março de 2012, Ronaldo chegou aos 133 jogos com a camisa do Real Madrid frente ao Osasuna e marcou um golo, fazendo com que chegasse aos 133 gols com uma média de 1 gol por jogo.

Ronaldo acabou esta época com 46 gols (batendo o seu anterior recorde de 40 gols numa só edição do campeonato) no campeonato e 60 em todas as competições (batendo o seu anterior recorde de 53 gols em todas as competições), ambos recordes pessoais

2012-2013

AS informou que o presidente Sheikh Mansour do Manchester City fez uma oferta por Ronaldo de R$ 200 milhões no verão. O acordo teria sido jogador de futebol mais bem pago do mundo Ronaldo, com um salário que seria em torno de £ 20 milhões por ano. No entanto, presidente do Real Madrid Florentino Pérez recusou, que apontou a cláusula de contrato de Ronaldo de 1000 milhões. Ronaldo na companhia de Benzema, Özil e Lass em 2012. A temporada de 2012, começou da melhor forma para Ronaldo, ao vencer a Supercopa da Espanha frente ao Barcelona. Com dois gols em Camp Nou, na 1ª mão (Barcelona 2-2 Real Madrid) e com outros dois golos em Bernabéu, na 2ª mão (Real 2-1 Barcelona), Cristiano ganhou mais um título em Espanha.

Ronaldo ficou em segundo lugar na atribuição da Bola de Ouro da FIFA de 2012, atrás de Lionel Messi e à frente de Andrés Iniesta, e em segundo lugar na eleição de melhor futebolista a jogar na Europa, atrás de Iniesta.

Fez três gols em 9 de janeiro, contra o Celta de Vigo pelo segundo jogo da Copa do Rei da Espanha. O primeiro jogo foi vencido pelo Celta por 2 a 1.Marcou de novo três golos agora contra o Getafe em 27 de janeiro, numa vitória por 4 a 0. Com gols aos 62, 65 e o último de pênalti aos 72 minutos. Estes gols frente ao Getafe, permitiram a Ronaldo ultrapassar a marca dos 300 golos por todos os clubes que já passou.

Ronaldo, em uma partida contra o Galatasaray que sua equipe perdeu por 3 a 2 na Liga dos Campeões da UEFA. Em 2 de fevereiro, acabou fazendo o gol contra que deu a derrota ao sua equipe por 1 a 0 contra o Granada fora de casa.Fez três gols contra o Sevilla em 9 de fevereiro, em casa. E saiu de campo aplaudido pelos torcedores do Real Madrid. Marcou o gol de empate do Real Madrid sobre o Manchester United no Santiago Bernabeu no primeiro jogo dos oitavos de final da Liga dos Campeões da UEFA.E ajudou a sua equipe a virar o jogo por 2 a 1 sobre o Deportivo La Coruña fora de casa.Fez 2 gols contra o Barcelona e ajudou a sua equipe a classificar-se para a final da Copa do Rei da Espanha vencendo o jogo por 3 a 1 fora de casa. No dia 3 de março, foi dito que Cristiano Ronaldo aceitaria diminuir seu salário para retornar ao United segundo o jornal The Sun. A publicação revela que Ronaldo aceitaria uma redução em seu salário para retornar ao Manchester United. Nem sequer uma proposta milionária do Paris Saint-Germain, que estaria disposto a pagar cerca £ 130 milhões (R$ 386 milhões), faria o atacante mudar os seus planos.Em 5 de março, Cristiano Ronaldo fez o gol que eliminou o seu ex-clube da Liga dos Campeões, vencendo o jogo por 2 a 1 fora de casa. Marcou os dois gols que deram a vitória do Real Madrid sobre o Celta de Vigo por 2 a 1 fora de casa em 10 de março.Na virada do Real Madrid por 5 a 2 sobre o Mallorca fez um dos gols da virada em 16 de março. Fez o gol no empate do Real Madrid com o Real Zaragoza em 30 de março, por 1 a 1, atingindo a marca de 140 golos no campeonato espanhol desde 2009. Fez o primeiro dos três golos na vitória sobre o Galatasaray em 3 de abril, pela Liga dos Campeões da UEFA. Marcou um gol na vitória de virada contra o Levante por 5 a 1 no Santiago Bernabéu. Fez o dois gols na derrota para o Galatasaray por 3 a 2 pela Liga dos Campeões da UEFA em 9 de abril, conquistando a classificação após vencer a primeira partida por 3 a 0 dentro de casa. Chegou ás simi-finais sendo o artilheiro da equipe quanto na UEFA Champions League com 11 gols. Marcou seu 197º gol pelo Real Madrid contra o Athletic Bilbao na vitória por 3 a 0 em 14 de abril, faltando apenas 3 gols para a marca de 200. Nas semi-finais sua equipe perdeu por 4 a 1 na Alemanha para o Dortmund com quatro gols de Lewandowski em 24 de abril, pela Liga dos Campeões da Europa.E na partida seguinte perdeu a classificação depois de sua equipe abrir o marcador em 2 a 0 mas ficar 4 a 3 no agregado. No jogo contra o Real Valladolid em 4 de maio, Ronaldo chegou a marca de 200 golos pelo Real Madrid em uma vitória por 4 a 3 no Santiago Bernabéu.Fez mais um golo em 8 de maio de 2013, contra o Málaga na vitória por 6 a 2 faltando 8 golos para igualar a marca de Hugo Sánchez.

Na final da Copa do Rei começou marcando o primeiro goo da equipe fazendo 1 a 0 em cima do Atlético de Madrid mas no final da partida ele e José Mourinho foram expulsos quando o placar estava 2 a 1 para o rival e acabou perdendo o jogo e o título. Ronaldo decidiu fazer exigências que estão fora dos preços do mercado para forçar o Real Madrid a vendê-lo no final da temporada europeia. O português pediu ao Real Madrid a devolução de seus direitos de imagem, consciente de que é algo impossível para o clube cumprir (algo que foi negado para David Beckham e Kaká), além de receber 15 milhões de euros (R$ 39 milhões) livres de impostos. Segundo a legislação espanhola, as rendas superiores a 300 mil euros (R$ 783,5 mil) anuais devem pagar 56% de impostos na Catalunha e 52% na Comunidade de Madri. Isto significa, no caso do português, que o Real precisaria desembolsar anualmente 31,25 milhões de euros (R$ 81,6 milhões) para livrar o jogador dos impostos. Cristiano Ronaldo se reuniu com o clube no início da temporada para comunicar seu desejo de renovar somente com um polpudo aumento, além de ter informado o interesse de outros clubes (como PSG e Manchester United) em seu futebol. A resposta que o português obteve foi que só seria negociado "se o dinheiro fosse usado para contratar Messi". Por conta disso, o astro passou a manifestar sua "tristeza", fato que aumento a cisão entre o técnico José Mourinho e a diretoria. O jogador português, então, tomou decisão de deixar o Real Madrid no final de seu contrato, em junho de 2015, para forçar sua venda no próximo verão europeu, antes da Copa do Mundo. O problema é que Florentino Pérez, o presidente do Real, que deve ser reeleito nos próximos meses, se verá obrigado a negociá-lo para não perdê-lo de graça. Cristiano deixou claro que seu destino será o Manchester United, e o Real, ciente da possibilidade da saída, aproveitou para entrar novamente na disputa com o Barcelona pelo acerto com Neymar. O português fez um pedido que sabe que o Real não poderá cumprir. Um salário de 31,25 milhões de euros brutos e 100% de seus direitos de imagem. Isto deve obrigar Florentino a negociá-lo, enquanto o Manchester se prepara para trazer de volta a Old Trafford um de seus grandes ídolos.

2013-2014

Seleção Portuguesa

Cristiano Ronaldo foi convocado pela primeira vez para fazer parte do grupo da seleção de seu país em um amistoso contra a seleção de Cazaquistão.

Eurocopa de 2004

A primeira competição vestindo a camisa da seleção portuguesa foi a Eurocopa de 2004, realizada em Portugal. Na estreia da equipe, Cristiano Ronaldo jogou bem, marcou gol, mas não pode evitar a derrota por 2 a 1 diante da Grécia. Mais tarde, nas semi-finais, Ronaldo também marcou, ajudando a seleção a passar pela Holanda.

Copa do Mundo de 2006

Em um das melhores participações de Portugal em copas, Cristiano Ronaldo, jogando ao lado de grandes jogadores como Deco e Luís Figo foi considerado um dos destaques da equipe portuguesa. No jogo contra a Holanda, válido pelas oitavas de final, o atacante saiu ferido após levar uma entrada violenta de Khalid Boulahrouz, que mais tarde foi expulso.

Eurocopa de 2008

Na Euro 2008, Cristiano Ronaldo marcou oito gols mas Portugal acabou sendo eliminado pela Alemanha nas quartas de final.

Copa do Mundo de 2010

Com a contratação de Carlos Queiroz como novo técnico, Cristiano Ronaldo foi nomeado o capitão da seleção portuguesa. No dia 21 de Junho de 2010, frente à Coreia do Norte, o atacante marcou o sexto gol na vitória portuguesa por 7 a 0 acabando assim com um jejum de dezasseis meses sem marcar pela seleção de seu país. No entanto, Portugal veio a ser eliminado logo depois pela Espanha, em uma atuação apagada de Cristiano Ronaldo.

Eurocopa de 2012

No primeiro jogo de Portugal pela Eurocopa, Cristiano Ronaldo não jogou bem e assim, não conseguiu evitar a derrota de sua seleção para a Alemanha. Na partida seguinte, contra a Dinamarca, apesar de ter saído com a vitória, Ronaldo foi altamente criticado. Todavia, no último jogo contra a Holanda, marcou dois gols e virou o placar a seu favor. Nas quartas de final, marcou um gol aos 34 minutos do segundo tempo que deu a vitória pelo placar mínima a Portugal. Na partida válida pela semi final, diante da badalada Espanha, o atacante jogou bem mas não teve a oportunidade de bater o último pênalti das cobranças de pênalti e teve que ver seus companheiros de Real Madrid comemorar.

Copa do Mundo de 2014

Cristiano Ronald não fez uma boa copa do mundo na visão da imprensa. Em sua primeira partida, diante da Alemanha, se movimentou bem mas não conseguiu evitar sozinho da derrota por 4 a 0. No jogo seguinte, diante dos estadunidenses, o craque perdeu gols que não costuma perder com a camisa do Real Madrid e viu seu time por sorte empatar em 1 a 1. Na última partida da copa, contra Gana, mais uma atuação com muitos gols perdidos, apesar de ter marcado um após a falha do goleiro ganês e Portugal ter vencido por 2 a 1. Em uma entrevista durante a copa, o atacante criticou o grupo da seleção portuguesa, afirmando ser "muito limitado".

Vida Pessoal

Cristiano Ronaldo é filho de Maria Dolores e José Dinis Aveiro, morto em 2005 vítima do alcoolismo, pouco antes de um jogo entre Portugal e Rússia. Tem um irmão mais velho, Hugo, e duas irmãs mais velhas, Elma e Cátia Liliana. Já teve vários relacionamentos, incluindo casos com a atriz indiana Bipasha Basu, com a modelo e apresentadora portuguesa Merche Romero e com a atriz inglesa Gemma Atkinson. Actualmente namora a modelo russa Irina Shayk.

Títulos

Clubes

Sporting
Manchester United
Real Madrid

Prêmios Individuais

  • FIFA Ballon d'Or: 2013
  • Melhor jogador do mundo pela FIFA: 2008
  • Ballon d'Or: 2008
  • Bola de Prata (segundo melhor jogador do ano): 2007, 2009, 2011, 2012
  • Time do Ano da UEFA: 2004, 2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012, 2013
  • Sir Matt Busby Player of the Year – Jogador do Ano no Manchester United: 2003–2004, 2006–2007, 2007–2008
  • Melhor jogador jovem do mundo pela FIFPro: 2004, 2005
  • Equipe de Euro: 2004, 2012
  • Trofeo Bravo: 2004
  • Futebolista Português do Ano: 2005, 2006, 2007, 2008, 2009
  • Jogador do Mês na Premier League: Novembro de 2006, Dezembro de 2006, Janeiro de 2008, Março de 2008
  • Equipe do Ano pela PFA: 2005–2006, 2006–2007, 2007–2008, 2008–2009
  • FIFPro World XI: 2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012, 2013
  • Futebolista do Ano pela FWA: 2006–2007, 2007–2008
  • Futebolista do Ano pela PFA: 2006–2007, 2007–2008
  • Futebolista Jovem do Ano pela PFA: 2006–2007
  • Barclays Player of the Season: 2006–2007, 2007–2008
  • Bota de Ouro da UEFA: 2007–2008, 2010–2011
  • Avançado do ano da UEFA: 2007–2008
  • Jogador do ano da UEFA: 2007–2008
  • Barclays Merit Award: 2007–2008
  • Melhor jogador do mundo pela FIFPro: 2008, 2013
  • Melhor jogador do mundo pela revista World Soccer: 2008, 2013
  • Onze d'Or: 2008
  • Bola de Prata do Mundial de Clubes da FIFA: 2008
  • Prêmio FIFA Ferenc Puskás: 2009
  • Prêmio Arco-íris 2010 (pelo seu contributo na luta contra a discriminação)
  • Troféu Pichichi: 2010-2011
  • Troféu Alfredo Di Stéfano: 2011-2012, 2012-2013
  • LFP MVP: 2013
  • Melhor Atleta masculino da temporada - Prêmio Laureus: 2014

Curiosidades

  • Seu prato preferido é bacalhau à braz.
  • Seu filme preferido é "Soldado Universal".

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória