FANDOM


Em construção Página em construção!


Essa página ainda está em construção. Ajude-a contribuindo da forma necessária.

Copa Libertadores da América
Copa Bridgestone Libertadores logo
Dados Gerais
Organização: CONMEBOL
Edições: 54
Local de Disputa: América do Sul
Número de Equipes: 38
Sistema: Grupos e Eliminatórias
Dados Históricos
Primeiro Vencedor: Peñarol Bandeira do Uruguai (1960)
Último Vencedor: Atlético Nacional Bandeira da Colômbia (2016)
Ascensão e Descenso
Promove: Copa do Mundo de Clubes da FIFA
Recopa Sul-Americana
Estatísticas
Total de Jogos: desconhecido
Total de Gols: desconhecido
Artilheiro: Alberto Spencer Bandeira do Equador
(54 gols)
Divisões
Divisões: Única

A Copa Libertadores da América ou Taça Libertadores da América, cujo nome oficial atual é Copa Bridgestone Libertadores por motivos de patrocínio, é a principal competição de futebol entre clubes profissionais da América do Sul, organizada pela Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL). Desde 1998, quando começou a ser patrocinada pela montadora japonesa Toyota, aceita também a participação de clubes do México. A partir de 2013, o patrocinador oficial da competição passou a ser a japonesa Bridgestone.

Troféu

O troféu de clubes mais importante da América do Sul, a Copa Libertadores foi criada em 1959. O então presidente da entidade sul-americana, Férmin Sorhueta solicitou a Teófilo Salinas, membro do Comitê Executivo, a busca por uma taça para o torneio que teria início no ano seguinte, em 1960. Na capital peruana ela foi escolhida, foi desenhada por Alberto de Gásperi, um designer de origem italiana.

O troféu oficial atual, construído na edição de 2009 apresenta 10 quilos e 25 gramas, cujo pedestal é constituído de madeira de cedro, com uma altura aproximada de 1 metro. Distribuída em 63 centímetros de prata 925 pura e 35 centímetros de madeira de cedro. A figura do jogador acima da taça é composta de bronze. Na esfera da taça, abaixo da figura do jogador, estão representados os dez brasões dos países membros da Confederação Sul-Americana.

Um detalhe é que no início da década de 1960, o troféu não apresentava a base de madeira, onde hoje abriga as pequenas placas de metais com os distintivos dos clubes vencedores do torneio.

Direitos de transmissão

A Fox Sports, de propriedade do grupo norte-americano News Corporation, com sede na Argentina, é a principal detentora dos direitos de transmissão na América Latina e, ao mesmo tempo, a co-organizadora do torneio oferecendo prêmios em dinheiro aos clubes que passam em cada fase. A emissora adquiriu a Libertadores em 2002 após a falência da PSN, que transmitiu com exclusividade a Libertadores para o continente – no Brasil, foi o canal exclusivo para televisão por assinatura – por duas temporadas. Como não havia um canal da Fox Sports no Brasil, a Copa Libertadores da América de 2002 não foi transmitida para o país. A partir do ano seguinte, a Fox Sports repassou o torneio para o SporTV e a Rede Globo enquanto não possuía um canal próprio em território brasileiro.

No Brasil, a Rede Globo detém os direitos para a TV aberta até a edição de 2018. Por contrato tem direito de transmitir até duas partidas envolvendo clubes brasileiros por semana, além da final. A partir da edição 2012 da competição, a Fox Sports requisitou a exclusividade para TV fechada quando lançou seu canal do Brasil. Desde 2013, a Fox Sports fez um acordo com o SporTV, no qual os dois canais compartilham o jogo principal da rodada, depois a Fox detém exclusividade de uma segunda escolha e o SporTV, da terceira. Todos os demais jogos são exclusivos da Fox.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória